Veja mais postagens

17 de fevereiro de 2020

FRONTEIRAS – PI   -   SECRETARIA DE EDUCAÇÃO REALIZA SEMANA PEDAGÓGICA

FRONTEIRAS – PI - SECRETARIA DE EDUCAÇÃO REALIZA SEMANA PEDAGÓGICA


Teve início na tarde desta segunda-feira 17/02, na Unidade Escolar Municipal Nossa Senhora de Fátima a Semana Pedagógica das escolas municipais de Fronteiras-PI. No primeiro momento a diretora da Unidade Escolar Nossa Senhora de Fátima, Joaquina Girlúcia, deu as boas-vindas a todos e falou das ações desenvolvidas no ano de 2019, e relatou que 2020 será um ano impar onde terão um grande desafio pela frente, que é suprir algumas lacunas deixadas no ano passado e melhorar cada vez mais. Em seguida, a palavra foi passada para a Secretária Municipal de Educação, professora Verônica Pereira, a qual fez uso da palavra primeiramente agradecendo a presença de todos os professores. Em seguida, a mesma usou da oportunidade para explicar o porquê da transformação das escolas de Fronteiras em escolas especialistas, tendo como uma das razões melhorar a cada dia mais o nível de ensino e consequentemente a diminuição dos recursos do FUNDEB que caiu consideravelmente.


Esclareceu que a Secretaria de Educação não irá se furtar em dar o aumento de salário dos professores, porém relatou que primeiramente terá que ser feito um projeto com responsabilidade e ser encaminhado para a Câmara de Vereadores. Munida de documentos a mesma lembrou que até hoje na história de Fronteiras nunca foi registrado o pagamento 

 piso salarial no mês de janeiro “Eu desafio alguém se levantar e afirmar isso ”, falou a secretária. “É do conhecimento de todos que os professores na gestão passada ficaram 4 anos sem receber aumento, e no entanto permaneceram calados, nada foi falado e agora nessa gestão, mesmo as coisas sendo sempre feitas dentro da legalidade e com transparência se dizem não satisfeitos”, afirmou.


“Acho interessante falar que outra coisa importante que ninguém divulga é que recebemos o FRONTPREV com apenas 4 milhões e em apenas em três anos elevamos para 10 milhões, garantindo os direitos da aposentadoria dos professores, por exemplo”, ressalta. A professora Verônica Pereira falou ainda que os recursos diminuíram, mas que a quantidade de professores aumentou devido o último concurso, e que hoje somente a educação infantil ainda trabalha com professores seletivos, o resto do quadro é efetivo.
 
Em seguida foi a vez do professor Jafe Vera, palestrante da cidade de Vera Mendes, que relatou um pouco da sua realidade e também falou do professor motivador. “Modernizar a escola nem sempre significa adquirir tecnologia de ponta. Mais do que isso, o papel de uma escola inovadora é estimular o jovem conectado de hoje, que se interessa mais pelo mundo ao seu redor: debatendo sobre política, diversidade, ecologia, sustentabilidade e empreendedorismo, por exemplo. Por isso, a escola deve procurar criar uma conexão com seus alunos e ser capaz de satisfazer seus anseios por conhecimento, que não necessariamente passam pelo modelo de ensino tradicional”, explanou.

O Jafe Vera também abordou sobre do papel do educando e do educador. Em seguida foi a vez do professor Paulo Pinheiro (Paulão) falar um pouco da rede comunitária, a qual se trata de uma das ações do Selo UNICEF, abordando parâmetros importantes que devem ser executados. É importante lembrar que atualmente existe um plano de ação traçado pelas Secretarias de Saúde, Assistência Social, CRAS, NUCA, Grupos da Igreja para ser trabalho durante todo semestre.
Além da Secretária Municipal de Educação, Verônica Pereira, também se fizeram presentes: Hidelgardia (Supervisora de Ensino), Francireza Alencar (Diretora do Conceição de Maria), Graça Silva (Diretora do Sousão), Tia Luiza (Diretora do Hermínio), Cícera Vanda (Diretora do Centro Infantil) bem como a anfitriã Joaquina Girlúcia (Diretora do Nossa Senhora de Fátima), somando um total de 118 participantes.


























































<